Terça-feira, 31 de Março de 2020

Buscar  
Educação

Publicada em 03/12/15 às 12:02h - 207 visualizações
Universidades querem suspender aulas do Pronatec

Radio Santa Maria Fm


 (Foto: Radio Santa Maria Fm)

O Pronatec pode sofrer um novo revés neste ano: além da redução de 57% no número de vagas, em comparação a 2014, instituições privadas de todo o país ameaçam suspender as aulas, a partir da próxima semana, diante do atraso no repasse de verbas para custeio do programa federal, com foco no ensino técnico e profissional.

De acordo com as escolas, os depósitos não são feitos desde julho e, com isso, afetaram despesas como pagamento de pessoal e aluguel. Há instituições que relatam dívida da ordem de R$ 500 mil. "O pessoal se equipou, comprou prédio, montou laboratório, e não se recebe o repasse. Não existe como os cursos técnicos continuarem funcionando", afirma Bruno Eizerik, presidente do sindicato do ensino privado do Rio Grande do Sul, Estado com cerca de 20 mil alunos.

A suspensão das aulas pode afetar um contingente de 400 mil estudantes, matriculados em 987 unidades de ensino privado de todo o país. Esse grupo corresponde a cerca de 6% do total de matrículas ativas do programa, segundo o Ministério da Educação.

Os meses em atraso são referentes a cursos técnicos que tiveram início em 2014 e neste ano. Em 2015, devido à falta de recursos, o governo federal adiou o lançamento do programa, e as primeiras turmas foram abertas apenas no segundo semestre. "No início do ano a gente continuou investindo, porque tinha esperança de que iam pagar o que estavam devendo. Mas a situação do governo está cada vez pior, e não temos mais esperança de que vai melhorar", afirma Amábile Pacios, da Fenep (Federação Nacional das Escolas Particulares).

Outro lado
Questionado pela reportagem, o Ministério da Educação não informou o valor total dos pagamentos atrasados. A pasta disse que, neste ano, já foram gastos R$ 2,3 bilhões com a oferta de cursos do Pronatec e que "a previsão é de novas liberações em dezembro".

De acordo com dados do Ministério do Planejamento, a segunda etapa do programa terá um volume de 6,3 milhões de vagas até 2019. Em junho do ano passado, a presidente Dilma Rousseff afirmou que, até 2018, seriam abertas 12 milhões de novas vagas.

Fonte: Folha-PE




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Hora Certa

Santa Maria FM (87)98811-1638

Redes Sociais


No Ar
Café Com Noticias com Francisco Martins, Zé Nilton Araújo & JB.
Peça sua Música

  • Carla
    Cidade: Curaçá
    Música: Ainda tem raiz Sarah Farias
  • jonatas
    Cidade: Araraquara -sp
    Música: momozao
  • Talita lima
    Cidade: Rio verde Goiás
    Música: Marilia Mendonça
  • Thiago da Silva Alves
    Cidade: Petrolina-PE
    Música: Mamãe Coragem - Gal Costa
  • Lurdes
    Cidade: Maraba
    Música: Todas
  • Carla patricia
    Cidade: Santa Maria da boa vista
    Música: O hino escudo
Promoções

Nenhum registro encontrado.



Ouvinte do Mês




Nenhum registro encontrado




Estatísticas
Visitas: 441062 Usuários Online: 42


Bate Papo

Digite seu NOME:


Parceiros


Matutos Soluções
Copyright (c) 2020 - Radio Santa Maria Fm - Todos os direitos reservados