Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020

Buscar  
CNH

Publicada em 06/01/16 às 12:54h - 281 visualizações
Simulador de direção obrigatório para tirar CNH a partir de 2016

Radio Santa Maria Fm


 (Foto: Radio Santa Maria Fm)
Desde o primeiro dia útil de 2016, os candidatos à obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ou adição, na categoria B, serão obrigados a ter aulas em simuladores de direção veicular antes do início das aulas práticas em vias públicas. A resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) foi publicada pela primeira vez em 2014 mas, pela polêmica e pela dificuldade na aquisição dos equipamentos, foi postergada para entrar em vigor a partir de 2016. Durante esses dois anos, a medida se tornou opcional e, pela falta de procura, as autoescolas de Pernambuco não adquiriram o simulador. Hoje, mesmo com a obrigatoriedade, apenas quatro dos 278 Centros de Formação de Condutores (CFC) possuem o equipamento.
Para o presidente do Sindicato das Autoescolas em Pernambuco, Igor Valença, a falta dos simuladores de direção veicular nos centros de formação ainda não é um problema porque a obrigatoriedade será apenas para os candidatos à CNH que se inscreveram a partir da última segunda-feira, primeiro dia útil de 2016. "O que vale para essa resolução é a data da abertura do Registro Nacional da Carteira de Habilitação (Renach). Alunos com processo em andamento não serão obrigados", explicou.

Para ter aulas nos simuladores de direção veicular, os alunos precisarão ter concluído a parte teórica do processo, que atualmente demora pelo menos dois meses, entre o agendamento das aulas e a realização da prova teórica. "Até março, as autoescolas estarão preparadas para receber esses alunos. Como o uso pode ser compartilhado por até três CFC's, os que não conseguirem adquirir o equipamento, podem se juntar para alugar o espaço e o simulador. A obrigatoriedade é para que o aluno faça as aulas no simulador e não para que o centro de formação tenha o equipamento", justificou Igor Valença. O processo de duração para a emissão da CNH é de pelo menos, três meses. O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE) se limitou a enviar a portaria e informou que, por enquanto, não vai se pronunciar sobre o assunto.
Muitos diretores de ensino apoiam a medida porque as instruções iniciais práticas serão realizadas nos simuladores, o que evita acidentes e reduz a insegurança dos alunos. Mas para quem ainda vai se inscrever no Renach está preocupado com os custos. O preço da CNH, a partir de agora, deve aumentar em média 30%.
A estudante de veterinária Anny Alves, 18 anos, acha que o simulador de direção veicular vai encarecer o processo e dificultar o acesso para quem precisa. Ela deu entrada no Renach em julho mas só ontem conseguiu agendar a prova prática. "A pessoa vai gastar muito mais  E não acredito que o simulador vai ajudar quem já tem fobia, porque quando essa pessoa for para a rua, vai sentir fobia do mesmo jeito", opinou.
Fonte: DP



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Hora Certa

No Ar
Café Com Notícias com Francisco Martins, Zé Nilton Araújo & JB.
Promoções

Nenhum registro encontrado.



Ouvinte do Mês




Nenhum registro encontrado




Estatísticas
Visitas: 516284 Usuários Online: 53


Parceiros


Matutos Soluções
Copyright (c) 2020 - Radio Santa Maria Fm - Todos os direitos reservados