Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

Buscar  
Saúde

Publicada em 25/01/18 às 11:27h - 74 visualizações
Febre amarela: Pernambuco tem terceira notificação da doença
Caso suspeito foi registrado pelo município de Bezerros, no Agreste de Pernambuco. Paciente deve ser encaminhado ao Huoc, no Recife

Radio Santa Maria Fm


 (Foto: Radio Santa Maria Fm)




Para ser caso suspeito de febre amarela, qualquer paciente, além de ter sintomas da doença, deve morar ou ter histórico recente de passagem por área de risco, como também não ser imunizado e apresentar icterícia e/ou hemorragia  / Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Para ser caso suspeito de febre amarela, qualquer paciente, além de ter sintomas da doença, deve morar ou ter histórico recente de passagem por área de risco, como também não ser imunizado e apresentar icterícia e/ou hemorragia
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Na quarta-feira (24), o município de Bezerros, no Agreste de Pernambuco, registrou o terceiro caso por suspeita de febre amarela no Estado. Até a manhã desta quinta-feira (25), a Secretaria Estadual de Saúde (SES) só informou que recebeu a notificação e que a equipe técnica analisa os detalhes recebidos pelo município.


O Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), no bairro de Santo Amaro, área central do Recife, aguarda o paciente para realização de exames e análise da necessidade de possível internamento, a depender do quadro clínico apresentado. 

Outros casos

Após análise clínica e exames laboratoriais para febre amarela, Pernambuco descartou os dois casos suspeitos da doença anunciados na última semana. Os testes da paciente de 37 anos notificada no dia 7 com histórico recente de passagem pelo município de Mairiporã (Grande São Paulo), de risco de febre amarela, foram negativos para febre amarela, dengue e chicungunha. Os exames foram analisados pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.



Já o paciente de 54 anos, que reside no Distrito Federal, notificado no dia 16 ao retornar de áreas de risco na Bahia, também foi um caso descartado por não se enquadrar nos protocolos para investigação da doença e ser vacinado. Além disso, o quadro de saúde dele evoluiu para uma infecção de garganta.

As informações foram divulgadas ontem pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). A pasta ressalta que, ao serem notificados, ambos apresentaram apenas quadro febril e sintomas brandos, como dores na cabeça e no corpo - características comuns a outras arboviroses.

De acordo com os critérios da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde, reproduzidos em Pernambuco, para se enquadrar como caso suspeito, o paciente, além da febre, morar ou ter histórico recente de passagem por área de risco, precisa apresentar icterícia (condição que deixa o corpo amarelado) e/ou manifestação hemorrágica, como também não ser imunizado ou não ter conhecimento sobre a própria condição vacinal contra febre amarela.

Do JC Online




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Hora Certa
Santa Maria FM (87)98811-1638

Redes Sociais


No Ar
Manhã da Gente com Cássia Alves
Peça sua Música

  • marcos vinicios
    Cidade: jaborandi ba
    Música: all of me
  • gabriela ferreira santos
    Cidade: Santa Maria da Boa Vista
    Música: jogo do amor mc bruninho
  • tatiana lopes
    Cidade: recife
    Música: Barreiras/brunno carvalho
  • alice fernandes
    Cidade: recife-pe
    Música: A noite inteira-Brunno Carvalho
  • maria luiza
    Cidade: santa maria
    Música: Barreiras-brunno carvalho
  • Berg
    Cidade: Petrolina-PE
    Música: Recaída (Renan & Rafael)
Ouvinte do Mês




Nenhum registro encontrado




Estatísticas
Visitas: 243993 Usuários Online: 7


Bate Papo

Digite seu NOME:


Entretenimento
Imagem relacionada
Parceiros


Matutos Soluções
Copyright (c) 2018 - Radio Santa Maria Fm - Todos os direitos reservados